sexta-feira, 19 de março de 2010

O regresso

Esta semana regressei ao escritório e deu para matar saudades: dos colegas, das gargalhadas, dos bons momentos, dos stresses, das pequenas discussões.

Estava tão desabituada de ter passe que na segunda, ao chegar à entrada do parque da estação, em vez de colocar o bilhete próprio para abrir a cancela, carreguei no botão e tirei um novo. Fiquei a olhar para aquilo como se algo estivesse mal (e de facto estava). Entretanto lá validei o meu e segui.

Uma das vantagens de andar de comboio é poder aproveitar o tempo para fazer outras coisas, como ler. Nem sempre é fácil. De manhã as pessoas vão meio adormecidas, portanto dá para me concentrar e ler calmamente. Ao final do dia é mais complicado: estão todos mais eléctricos, na galhofa, a barafustar, etc. Numa das viagens de regresso, ouvia alguém a falar ao telemóvel "O quê?? Naaaaaaaa, eu cá não vou pedir desculpas nenhumas!!! E ainda lhe devia dar umas lambadas na cara!!". Foi algo deste género, mas enfim, sem comentários...

Normalmente evito sentar-me perto de crianças. Não que tenha alguma coisa contra, apenas porque sei que assim não conseguirei ler tranquilamente. Ontem na viagem de regresso a casa, sentou-se uma mãe e um filho à minha frente. Confesso que a minha mente ainda pensou "mais para a frente, mais mais", mas não pude evitar (e pronto, agora estão a pensar que eu sou mázinha, mas não é nada disso, nem foi por mal). O miúdo até era engraçado, tinha daquelas caras de malandro mas até era sossegadinho. No entanto, acabei por me distrair com a conversa deles:

Mãe: O que comeste hoje na escola?
Filho: Peixe com arroz de grelos.
Mãe com ar indignado: Foi? E comeste tudo?
Filho: Achas? Comi o arroz, não comi os grelos, mas comi o peixe! (com ar triunfador)

Não aguentei e sorri sem tirar os olhos do livro e pensei "como te compreendo". A Lily tem uns gostos estranhos: gosto de arroz, gosto de grelos, mas não gosto de arroz de grelos. Vá-se lá entender...

Continuando... Nisto fiquei pasmada a olhar de soslaio para o que a mãe tirava da mochila para ele comer: leite com chocolate, biscoitos de chocolate e batatas fritas. Mas pronto, o rapaz até comeu peixe nesse dia.

Entretanto, vou voltar a ficar em casa temporariamente devido a um projecto que vai necessitar de "esticanço" de horário e o facto de ser a semana dos mundiais de patinagem é pura coincidência.


5 comentários:

Maguita disse...

Revelação da semana: a Lily é uma grande cusca.

B disse...

Isto de conhecer quase o dia-a-dia das pesssoas que nos são mais chegadas tem as suas vantagens.
Descobri que a lily tem a mesma reacção com putos que eu tenho,até gosto deles,mas sentarem-se perto de mim,é um terror. Pois não sei o que tenho veem sempre se meter e brincar comigo e lá acabo por fazer figuras lamentaveis.
Isso de ficar em casa,desde que desligue a televisão,por mim,estou de acordo.

... ainda fiquei a pensar no grelos,no arroz de grelos.

Filipa disse...

qual é problema o arroz de grelos Lily??? saudades do tempo em que nao tinha que ser eu a faze-lo...
mas adiante ouvir as conversas dos miudos com as mães é daquelas coisas que ninguém consegue deixar de fazer, porque no fim de contas ainda nos rimos com a capacidade deles de lhes dar a volta!
Pois porque nós também já fomos assim num belissimo tempo muiiiiiiiiiiito longinquo....

Carla disse...

Há realmente gente com muita sorte. Vai a ouvir musiquinha no comboio, tem dois andares à escolha, seguranças com músculos a passearem-se de uma carruagem para a outra e ainda se queixa do miúdo!

E Lily, ficares com ideias de roubar o lanchinho a uma criança está errado, ok? Enquanto a conversa era sobre o arroz de grelos, a Lily nem se interessou, mas bastou a mãe sacar das batatas fritas e do leite com chocolate que a Lily ficou logo alerta. Até parece que estou a vê-la a babar-se e a congeminar um plano para roubar a comida da pobre criança.

Pedro Oliveira disse...

Bom, eu gosto muito de grelos, mesmo muuuuuuuiiito....

Vá o arroz e o peixinho também marcha.

Mas um grelo tenrinho(com ou sem arroz) pronto a ser comido, não há melhor!!!

LOL LOL

P.S. Qualquer conutação sexual, é pura coincidência....