quarta-feira, 7 de julho de 2010

Lily à beira de um ataque de... calor



A palavra que mais tenho usado nos últimos dois dias é "horrível": está um calor horrível, está uma temperatura horrível, a noite está horrível, as melgas são horríveis...

Quando me deitei ontem à noite, a primeira coisa que me veio à cabeça foi que seria incapaz de dormir com outra pessoa em noites de calor como estas. E não me venham dizer que os casais devem sempre dormir juntos patati patata, porque é tudo muito bonito mas garanto-vos que eu simplesmente não aguentaria. Mas adiante...

Nas noites de calor horrendo (lá está, horrendo = horrível), fico na cama praticamente imóvel, evitando mexer-me na esperança que a temperatura do corpo comece a baixar. No entanto, quando acordei esta manhã, fiquei feliz por ver que não tinha sufocado durante a noite e cheguei à conclusão que estava com o mesmo calor com que me deitei.

Isto não é bom, porque a Lily é daquelas que gosta de sentir um friozinho de madrugada, levando-a a puxar suavemente o lençol de forma a tapar os pés e as pernas. Tenho saudades de sentir frio, sobretudo quando em Milfontes dormia tão bem de cobertor. Haverá coisa melhor do que ter uma boa temperatura durante o dia para ir à praia e à noite ficar fresco o suficiente para se dormir com um cobertorzito? Ai que saudades...

E agora com licença, vou ali enfiar-me dentro do frigorífico e já volto.

5 comentários:

Maguita disse...

Lily, enquanto não arranjas ar condicionado, tens de contratar dois espécimes masculinos para te abanarem durante a noite. O B. percebe disso. Pede-lhe pormenores.

Carla disse...

Lol, Maguita, não fazes o caso por menos. Têm de ser logo dois, hehe, um de cada lado da cama.

B disse...

Lamento Maguita,mas tirando os moçambicanos que estão contratados para si,e são dois sim,a unica situação que me ocorre é ir ligar a ventoinha para a lile dormir melhor,visto que tem aversão a homens na sua cama de verão... será que de inverno ela compensa?

Maguita disse...

Claro que têm de ser dois! Assim é muito mais eficaz! Não sei qual é o espanto. Humf!

Sofia disse...

Com companhia na cama, não sei se conseguirias ficar imóvel à espera que o calor passasse...