sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Regresso ao passado



Na minha juventude era uma grande adepta dos jogos de PC. Recordo com saudade os tempos de escola, em que chegava a casa, fazia os trabalhos e a seguir passava horas a jogar (lá porque sou 'menina' não quer dizer que não goste dessas coisas). As horas que passei a jogar ao Prince of Persia, ao Arkanoid, ao Tetris ou ao Puzzle Bubble.

Eu ainda sou do tempo em que a primeira "consola de jogos" (chamemos-lhe assim) que vi na vida foi uma cena qualquer na qual se metia uma cassete. Isto ainda antes dos computadores Amiga, que se ligavam à TV e a magia acontecia. Provavelmente só o B. vai estar solidário comigo e entender-me neste post. Por vezes damos por nós a recordar estes tempos áureos. Entretanto cresci, sou supostamente responsável e deixei de ter tempo para estas coisas. Agora brinco às traduções, mas não tem a mesma piada.

Estive a mexer numas caixas e vi que ainda tenho ali o Windows e o Word em disquetes, é lindo não é? É por estas e por outras que os adolescentes olham para uma pessoa de 30 anos e a acham velha.

5 comentários:

Pedro Oliveira disse...

Peço muita desculpa intrometer-me, mas como grande aficionado de jogos e tudo o que tenha a haver com computadores, também sei o que é viver na nostalgia desses tempos longínquos. Até posso mencionar bem antes do Amiga, essa grande maquina que era o Spectrum 48K, jogos como o Chucky Egg e Paradise Café.
Grandes memórias dos tempos que tinhamos de esperar o load de uma cassete. LOL
Ai Ai!!!!

Lily disse...

Ena pá, o Chucky Egg!! LOL

Eram tão básicos e como os adorávamos. Agora os jogos têm GB em tamanho e gráficos espectaculares.

Fui muito feliz com estes joguitos lol

Pedro disse...

E que dizer do Autocad que continua religiosamente lá guardado nas suas 31 pequenas disquetes. Será que ainda funciona?

B disse...

ainnnn... o que me foste lembrar.
Grandes tempos esses,satisfazimo-nos com poucos kapabaites de jogos,agora é tudo gingas.
Recordo-me bem sim Lily,era chegar a casa,fazer o t.p.c. e enfardar um bolicau enquanto a fita corria a carregar um jogo.
Só deixava de jogar mesmo para ver o justiceiro ou o agora escolha,era a unica coisa interactiva na televisao.
Irei postar algo desses tempo Lily,grato por me recordar a minha idade...

Pedro Oliveira disse...

E isso é quando não faziamos o tpc só na altura em que as cassetes estavam a fazer o loading!!!! LOL